“Fogo amigo” Ataques a Irmão Carlos e tentativa de “rachar” grupo do Prefeito Aluisio.

Compartilhe nossas notícias

Forte liderança na região sul do Maranhão, o Irmão Carlos que tem em seu curriculum larga experiência na seara política como vereador por vários mandatos, sendo Presidente da Câmara Municipal e chegando a ser eleito como um dos primeiros Deputados Estaduais de Açailândia, atualmente sofre um processo de fritura que pode ter como cabeça pessoas interessadas em ocupar seu espaço conquistado ao longo de anos no cenário político do município, um “fogo amigo”.

O grupo de Vereadores novatos e inexperientes que chegaram ao Parlamento, encabeçado pelo vereador “barriga verde” Lucas Alves querem a qualquer custo levar a um racha político no grupo do Prefeito Aluisio, que teve o apoio irrestrito de Irmão Carlos desde que Juscelino Oliveira renunciou e entregou a Prefeitura.

Foi ele o autor de ações importantes no Governo que alavancaram a popularidade do Prefeito Aluisio, resultando na sua reeleição, construindo alianças políticas com Deputados Estadual e Federal e nos bastidores do Governo Estadual. Diferente dos vereadores mirins que se apegaram a um Deputado Paraquedista que nunca havia pisado na cidade, Irmão Carlos tem como aliados há anos o Deputado Federal Edilázio e Deputado Estadual Sarney Filho, responsável sempre por votações expressivas a quem apoia.

É fato que, como todos que se submetem ao escrutínio da vida de serviço público, Irmão Carlos obteve adversários que não pouparam esforços para tirá-lo da política , com perseguições das mais variadas, ainda assim seu legado político é incontestável, pois foi na casa dele que Flávio Dino, então desconhecido do Maranhão, bateu quando sua chegada ao Palácio dos Leões não passava de um sonho, em 2013.

Mas esses são capítulos da história que os que agora o perseguem por meros interesses políticos, na tentativa desesperada de construir uma biografia desconhecem, pois quando Irmão Carlos estava fazendo boa política no seu sentido mais literal, eles ainda estavam no berço. É bom lembrar uma máxima: a experiência fala mais alto e os anos de vida ensinam a sabedoria.


Compartilhe nossas notícias