Terceira onda da covid que atinge a europa pode atingir o Brasil .

Compartilhe nossas notícias

Países como Alemanha, França e Itália passam por nova onda de contágio, que já afetou o Reino Unido recentemente. Velho Continente patina com vacinação lenta, impõe novas medidas de restrição e ameaça bloquear exportações de doses.

19/03/2021 05h01  Atualizado há 23 horas


Foto mostra a Fontana di Trevi seca e sem público no centro de Roma nesta segunda-feira (15) — Foto: Tiziana Fabi/AFP

Foto mostra a Fontana di Trevi seca e sem público no centro de Roma nesta segunda-feira (15) — Foto: Tiziana Fabi/AFPhttps://7cdaa1f2d1693b54d2115b7eda266ef9.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html?n=0

Em meio a uma vacinação lenta contra a Covid-19, diversos países da Europa começam a enfrentar uma terceira onda de contágios e voltam a adotar medidas mais restritivas para tentar frear o número de casos e mortes causadas pelo novo coronavírus.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou nesta quinta-feira (18) que o nível de vacinação do continente ainda é muito baixo para retardar a transmissão, que as infecções aumentaram nas últimas três semanas e que mais pessoas estão morrendo da doença do que há um ano.

Foram mais de 1,2 milhão de novas infecções por coronavírus e mais de 20 mil mortes na semana passada, segundo o diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, que alertou: “A vacinação por si só, não substitui as medidas de saúde pública e sociais”.

Nesta reportagem você vai ver:

  • A Europa está passando por uma 3ª onda da Covid-19?
  • Qual é a causa do crescimento nos números de casos, mortes e hospitalizações?
  • Qual é o impacto das novas variantes no atual surto?
  • As medidas de restrição não surtiram efeito? O que os países estão fazendo?
  • E a vacinação contra Covid? Ela não deveria diminuir o número de casos e mortes?

3ª onda de contágios

https://7cdaa1f2d1693b54d2115b7eda266ef9.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html?n=0

Reino Unido já passou pela terceira onda em janeiro e, com um lockdown rigoroso e a aceleração da vacinação, conseguiu derrubar a curva de casos e mortes desde então. Mas o fenômeno começa a ocorrer em outros países do continente, como AlemanhaFrança. e Itália.

“Nós temos sinais claros: a terceira onda na Alemanha já começou”, afirmou na sexta-feira (12) Lothar Wieler, chefe do Instituto Robert Koch para doenças infecciosas, responsável por divulgar os números de casos confirmados e mortes por Covid-19 no país.

A Alemanha registrou na quinta-feira (18) o maior aumento de casos em quase dois meses. Foram 227 mortes e 17.504 novos infectados, a maior alta desde 22 de


Compartilhe nossas notícias